Augustus Nicodemus explica os diferentes tipos de fundamentalismo cristão


O reverendo Augustus Nicodemus Lopes escreveu em seu blog sobre o uso demasiado da expressão “fundamentalista”. Muitas pessoas tem usado esse termo para tentar criticar a posição de uma pessoa que se baseia na fé para opinar sobre diversos assuntos.

O que o chanceler da Universidade Presbiteriana Mackenzie explica é que esse termo não é de fato ruim e que há muitos significados já que ele foi usado para diferentes grupos através da história.

Nicodemus Lopes explica de forma prática o que significa o fundamentalismo cristão histórico, o cristão americano, o denominacional, o cristão xiita e o fundamentalista cristão teológico sempre falando de suas origens e apontando as diferenças.

“Em linhas gerais, o fundamentalista teológico acredita que a verdade revelada por Deus na Bíblia não evolui, não cresce e nem muda”, diz o reverendo presbiteriano que se considera um fundamentalista cristão teológico.

“A nossa compreensão dessa verdade pode mudar com o tempo; contudo, essa evolução nunca chega ao ponto radical em que verdades antigas sejam totalmente descartadas e substituídas por novas verdades que inclusive contradigam as primeiras,” completa ele.

A grande diferença entre o fundamentalismo liberal e o teológico é que o primeiro acredita na evolução da verdade bíblica a ponto de reinventar o próprio cristianismo.

Leia o texto na íntegra aqui.

Esse post foi publicado em Notícias e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s